histórias Notícias

Por ai: conhecendo a história da estação férrea de Bagé

Durante a pandemia precisamos manter o isolamento social e evitar aglomerações, devido a isso, o número de visitantes e turistas diminui neste período. Buscando uma forma de ajudar, resolvemos contar um pouco sobre a história de pontos turísticos e diversos locais. Começamos por Bagé no Rio Grande do Sul compartilhando alguns locais carregados de história.

Falaremos primeiramente sobre a estação férrea no município, vamos viajar juntos?

A primeira estação ferroviária de Bagé foi inaugurada em 02 de dezembro de 1884, por ocasião da inauguração da linha ferroviária Bagé -Rio Grande. Enquanto nos arredores da cidade se construía a base dos trilhos e no centro da cidade era construída a estação de passageiros e de cargas.

No evento o trem de passageiros trazia as autoridades, saudada por bandas musicais da cidade. Bagé, então estava ligada à cidade de Pelotas e logo a cidade de Rio Grande por via-férrea. O gado e o charque bajeenses chegariam a outros mercados.

Nesse dia, Bagé sepultava o secular transporte por carretas. Vencida essa etapa, começava outra, a ligação de Bagé ao restante da fronteira oeste.

Seguia o modelo padronizado dos construtores da linha, como em Rio Grande, Pelotas e Pedro Osório. Segundo informações da Prefeitura, o prédio original da estação de Bagé foi destruído por um incêndio em 1926, sendo por isso reconstruído e ampliado;

A partir do final da década de 1950, o modelo ferroviário começou a ser substituído pelo modelo rodoviário de transporte, de forma gradual, com a extinção contínua do tráfego em determinados trechos, até a última viagem do trem de passageiros em 1986.

A malha sul, formada pelas estradas nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná foi leiloada em 1996, sendo arrendada pela Ferrovia Sul Atlântico, depois América Latina Logística – ALL, empresa que atualmente opera o sistema de transporte de cargas em nosso Estado.

Na década de 70, o fluxo da ferrovia foi desviado da estação principal para a estação secundária de Santa Teresa, onde foi construído um novo prédio; a primeira foi desativada, sendo adquirida pela prefeitura e passando a sediar o Centro Municipal de Bagé.

O próximo local a ser visitado é a Catedral de São Sebastião, siga acompanhando estes locais cheios de história.

Acompanhe o vídeo completo da visita ao local, abaixo.

Para a produção do vídeo todas as medidas de proteção contra o novo coronavírus foram respeitadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: