Notícias política

Prefeito de Viamão morre vítima de covid-19

Valdir Jorge Elias, conhecido como Russinho, estava internado desde a semana passada na UTI do hospital da cidade

Faleceu nesta quarta-feira (22), vítima de covid-19, o prefeito em exercício do município de Viamão (RS), na Região Metropolitana de Porto Alegre, Valdir Jorge Elias, o Russinho. A informação foi divulgada por familiares na página de Russinho nas redes sociais e confirmada pelo MDB, partido ao qual ele era filiado, e pela Prefeitura de Viamão.

Russinho anunciou no dia 15 de julho que testou positivo para covid-19. Segundo nota divulgada pela Prefeitura de Viamão, ele estava internado desde o dia 15 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Viamão. O prefeito divulgou um comunicado no dia 18 informando que estava se recuperando bem da doença. Contudo, sofreu uma piora no quadro e veio a falecer na madrugada desta quarta.

“A Prefeitura de Viamão comunica, com extremo pesar, o falecimento do prefeito Valdir Jorge Elias, o Russinho, na manhã desta quarta-feira (22). Russinho faleceu em decorrência de complicações clínicas geradas pelo novo coronavírus. O prefeito, de 66 anos, estava internado desde o dia 15 de julho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Viamão. A prefeitura vai decretar luto oficial de 3 dias em memória do querido prefeito Russinho”, diz nota de falecimento divulgada pela Prefeitura.

Presidente estadual do MDB, Alceu Moreira, divulgou nota de pesar após a confirmação do falecimento. “Lamento profundamente a perda do amigo Russinho. Companheiro de longa data, de longas caminhadas que fizemos juntos, um operário partidário, exemplo de militante. Fará muita falta, vai deixar um grande vazio para família, amigos e comunidade de Viamão”, disse Alceu.

Eleito vice-prefeito em 2016, Russinho assumiu a Prefeitura de Viamão em 12 de fevereiro de 2020 após o prefeito eleito André Pacheco (ex-PSDB) ser afastado do cargo por suspeita de irregularidades em contratos de prestação de serviços.

Russinho também foi vereador em três mandados (1988, 2008 e 2012), presidiu a Câmara de Vereadores de Viamão em 2010 e foi Secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos entre 2013 e 2015. Segundo a nota do MDB, ele deixa a mulher, seis filhos e quatro netos.

Ele é a 45ª vítima fatal de covid-19 em Viamão. O último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura, desta terça-feira (21), registrava 44 óbitos e 481 casos confirmados na cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: