Notícias

No aguardo de recursos federais, Estado garante pagamento de diárias de leitos de UTIs no RS

Parte da estratégia de ampliação da estrutura hospitalar para atendimento de pacientes com Covid-19, o Rio Grande do Sul criou 286 novos leitos de UTI, que estão prontos para operar. Como a habilitação – que garante o pagamento dos custos – ainda não foi feita pelo Ministério da Saúde, o governador Eduardo Leite anunciou nesta segunda-feira (4/5) que garantirá as diárias dos leitos sob gestão estadual até que os repasses sejam regularizados pelo governo federal.

“Como houve troca no Ministério da Saúde, a habilitação ainda não aconteceu e, para que possamos colocá-los imediatamente em operação, estamos encaminhando uma portaria da Secretaria Estadual da Saúde que vai viabilizar o pagamento das diárias até que se tenha o recurso específico. É uma decisão muito importante para priorizar o atendimento à população”, afirmou Leite na transmissão ao vivo diária de atualização sobre coronavírus no Estado.

Com custo médio diário de R$ 1,6 mil por leito de UTI, o valor mensal a ser investido pelo governo nos 136 leitos estaduais, distribuídos em 18 hospitais, está estimado em R$ 6,7 milhões. Há ainda outros 150 novos leitos prontos, em 19 hospitais, que estão sob gestão dos municípios, a quem o Estado pede que tomem a mesma medida. O investimento por parte das prefeituras somaria R$ 7,4 milhões por mês.

Segundo a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a pasta já está tratando do assunto com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). “É uma decisão de suma importância, porque esses leitos estaduais e municiais estão prontos, com equipe e equipamentos, e, pela demora da habilitação do Ministério da Saúde, tomamos esta decisão para que possam entrar em operação de imediato”, afirmou.

Os 286 novos leitos representam uma ampliação de quase 30% na capacidade do RS, que tinha, no total, 1.001 leitos de UTI adulto com atendimento oferecido pelo SUS.

Novo decreto de distanciamento controlado

O governador aproveitou a transmissão ao vivo para mais uma vez convocar a população a participar da construção da nova política de distanciamento controlado. Para isso, o prazo de envio de sugestões, que inicialmente era até sábado (2/5), foi prorrogado para o final desta segunda-feira (4/5).

“Nesse novo modelo, queremos ouvir a sociedade para construirmos um modelo inovador, protegendo com prioridade a vida e a saúde dos gaúchos, mas também equilibrando com as atividades econômicas para preservarmos empregos e rendas. Por isso, demandamos a participação de todos os setores para podermos estabelecer níveis de restrições em cada uma das bandeiras”, afirmou Leite.

Conforme o governador, o novo modelo deve ser finalizado até quinta-feira (7/5), para que até sexta-feira (8/5) o decreto que oficializará as regras seja publicado e o distanciamento controlado passe a vigorar a partir da próxima semana.

Portaria para lares de idosos

Ainda durante a transmissão, o governador e a secretária Arita Bergmann anunciaram que até terça-feira (5/5) deve ser publicada uma portaria que regulará ações de prevenção e combate à Covid-19 nas Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs), desde regras de higiene até visitação de familiares.

De acordo com a secretária, além dos residentes dessas instituições fazerem parte de grupo de risco para o vírus, os funcionários costumam trabalhar em mais de um local, aumentando a probabilidade de contágio nessa população. “Estamos disponibilizando o RT-PCR (teste padrão para Covid-19) para os idosos sintomáticos destas casas e o teste rápido a todas as pessoas que tiverem contato com eles”, informou Arita.

Hospitais sob gestão estadual aguardando habilitação e número de novos leitos:

• Hospital Nossa Senhora dos Navegantes (Torres): 5
• Hospital de Tramandaí: 6
• Hospital de Viamão: 10
• Hospital Santa Luzia (Capão da Canoa): 1
• Hospital São Luiz (Dom Pedrito): 10
• Santa Casa de Rio Grande: 10
• Santa Casa de Bagé: 14
• Hospital São Vicente de Paulo (Cruz Alta): 10
• Hospital Santo Ângelo: 9
• Santa Casa de Alegrete: 7
• Santa Casa de São Gabriel: 5
• Hospital São Roque (Faxinal do Soturno): 10
• Hospital Regional de Santa Maria: 10
• Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo): 10
• Hospital Santo Antônio (Tenente Portela): 5
• Hospital Santa Terezinha (Erechim): 5
• Hospital Caridade Frei Clemente (Soledade): 4
• Hospital Sapiranga: 5

Total: 136 leitos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: